sexta-feira, 10 de julho de 2015

In Memorian

Grata surpresa: O Boticário está relançando, numa coleção batizada de Amores Inesquecíveis, algumas fragrâncias descontinuadas que deixaram saudade: Rhea, North Wind, Innamorata, Crazy, Femme.com, Annete e Insensatez. As embalagens, maravilhosas, são as mesmas e famosas ânforas da marca, de cor dourada, com exceção de North Wind, que conserva o verde original. 
Claro que a saudade não é tão grande: a empresa está pondo no mercado o que ainda tem em estoque de produção, certamente, uma vez que nenhum dos itens citados seja um caso antigo de interrupção. Mesmo assim, já é um grande passo. Ficaremos esperando ansiosos que, em respeito aos consumidores que fizeram dessa empresa um grande nome, retornem com as pérolas mais raras e descontinuadas há muitos anos, como Yang, Spirit of flowers, Exuberance, Tuareg, Eros, Athena, Kalanit, Zíngara, Goldie, entre outros.
As fragrâncias são ofertadas em frascos de 110ml.

16 comentários :

  1. Cris do ceu, que noticia maravilhosa...nao vejo a hora de por as minhas maos nos saudosos rhea e femme.com....ansioso me define neste momento.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já garanti o meu Innamorata.
      Abraço, Adriano! Some não!

      Excluir
  2. Verdade Cris, acho que é esse o caso (finalizando estoque de produção), repare que Dreams não aparece mais, depois de ter sido edição limitada por uns 2 ou 3 anos seguidos (felizmente a L'Acqua di Fiori ainda tem o Laccio). Mesmo assim, como vc disse, é um grande passo. Concordo com a sua lista, e ainda tem Triumph, Affinity, Fleur (da linha splash que tinha Vert e Eilat), Curitiba 300 anos e Ravel. Quem sabe um dia até Samurai, Arpoador, Malitzia, Sienna e Tanit. Dá para fazer uma coleção inteira só para os homens, e outra só para as mulheres.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, Gastão! É muita coisa! São muitos clientes desrespeitados...
      Affinity marcou profundamente a minha história. Yang, nem se fala! Não consegui nada parecido.
      Sobre o Vert, ainda me engano com a colônia Limão+Patchouli da linha Spa.
      Muito triste.

      Excluir
    2. Alguem lembra do dolce amore? Tenho saudedes de inumeros perfumes do boti q marcaram minha adolescência. Ravel nunca comprei, mas era maravilhoso. As vezes penso q tvz eles lançam os descontinuados nessas outras empresas do grupo, como quem diase berenice e eudora.

      Excluir
  3. Problema sócio-econômico (ou socioeconômico na horrível nova grafia...):
    Logo que surgiu, O Boticário era uma loja da classe alta, nem todo mundo podia comprar os seus produtos. Também não havia a possibilidade de encontrar importados com preço em conta pela internet, como acontece hoje.
    Hoje acho que o Boti é uma loja aberta a todos, democrática (apesar de não achar barato um Glamour por mais de cem Dilmas...). Então, para facilitar esta Perestroika, as embalagens estão mais simples (para não dizer mais feias) e o foco de interesse é o maior faturamente de vendas e não a preocupação em agradar clientes apaixonados pelo Rhéa ou Tuareg, perfumes que sem dúvida devem ter uma matéria prima mais cara. Quelle couleur est la liberté? Bleu, rouge ou blanc?

    ResponderExcluir
  4. Oi, Cris, pois é, tomara que retornem sempre de tempos em tempos, dois lancamentos ao ano, em julho e dezembro, daria pra matar as saudades mas tem muita coisa pra ser relancada, os principais que pedimos...
    Estou é boba do Gastão ter lembrado de um perfume que não lembro o cheiro mas do nome sim!! Arpoador!! Gente...quem souber fale o cheiro dele, qual terá sido a inspiracão? Se não me falha a memória ele tinha o rótulo igual ao Innamorata antigo: azul e rosa...ou não??
    Bjus
    Li

    ResponderExcluir
  5. Pedi um Rhéa e um Crazy. Espero que a qualidade seja a mesma. Detestei essas ânforas bronze (preferia até o vidro branco e fosco, com tampa branca, branco é chic, escandinavo...), sem "vaporisateur": o líquido entra em contato direto com as mãos, duvido muito que o perfume goste disso. Quando chegarem comento aqui a minha impressão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gostei muito do Crazy Feelings, excelentes fixação, evolução e drydown. Seria um perfume para ter sempre. Já o Rhéa me agradou na composição, me lembrou mais o Happy de Clinique do que o Coco Mademoiselle. Mas a fixação é precária, não deixou vestígios nem na roupa.

      Excluir
  6. Não fiquei muito feliz não... Afinal, é uma edição "limitadíssima", como o próprio Boticário disse na propaganda...
    Cris, que tal um post sobre as colônias phebo? Tenho ouvido bons comentários, vc conhece? Bj
    Paty

    ResponderExcluir
  7. Nem tive tempo de conhecer o Rhea e o Femme.com. Já esgotaram (junto com o Crazy e o Insensatez). Comprei o Annete!

    ResponderExcluir
  8. Adorei ficar sabendo antecipadamente aqui pelo blog. Garanti um Rhea e Femme.com. Não conhecia nenhum dos dois mas confiei nas resenhas que encontrei. Gostei do Femme mas do Rhea não. Achei muito fraco nem sei explicar... Amo o crazy e inamorata mas já tinha comprado dois kits natal, por apenas R$ 60...
    Espero que um dia volte o Sensuelle!

    ResponderExcluir
  9. Oi... Amo perfumes e gostei dessa página... Gostaria, se possível, se você me dissesse algo que lembre o Creation (Ted Lapidus) e se o novo Elysée será parecido com antigo? Sucesso! Desde já, agradeço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seja bem-vinda, Taty!
      Conheço Creation e ouço dizer que o feminino Kenzo de Kenzo for women (que não tive o prazer de conhecer) tem alguma semelhança.
      Abraço.
      Cris

      Excluir
  10. Ótima notícia, Cris!!! Adoro seu blog! Vc sabe se o antigo Ravel era inspirado em algum importado?

    ResponderExcluir

Participe deste blog. Vamos trocar experiências olfativas!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...