domingo, 4 de janeiro de 2015

Le Male Terrible

Entre tantos flankers de Le Male, escolhi o "terrible" mais dócil que poderia haver...rsrrssrsr... Não é um Gato Guerreiro: trata-se, ainda, do Pacato... 
Brincadeiras à parte, a fragrância em questão é de muito bom gosto, embora com notas de saída bem comuns, porém muito estimulantes e, um pouco mais tarde, sofisticadas, lembrando-nos o cheiro limpo do pós-banho masculino. 
Notas aromáticas da saída, misturando cítricos e pimenta-rosa cedem lugar, aos poucos, à famosa combinação lavanda + baunilha, com o acréscimo terroso do vetiver, além de uma discreta nota de âmbar.
O perfume nos traz, num dado momento, ares do tradicional Le Male, porém é mais leve, mais aromático, mais clean...
Não há muito boa longevidade na pele, porém permanece nas roupas aquela deliciosa sensação de limpeza e de sofisticação.
Masculino, mas não terrível. Trata-se de uma fragrância cheia de energia, cristalina inicialmente, e discretamente viril e confortante nos últimos instantes.
Adorei!

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Participe deste blog. Vamos trocar experiências olfativas!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...