segunda-feira, 3 de novembro de 2014

Artisan John Varvatos

Tive hoje uma grata surpresa, quando conheci essa fragrância. Seu arranque cítrico aromático trouxe-me imediatamente à memória Eros de O Boticário, descontinuado há bastante tempo.
A fragrância é masculina, limpa, cristalina, com notas cítricas e lavanda, onde estão mergulhadas as especiarias aromáticas: tomilho, gengibre e manjerona. Interessante que as notas de especiarias não conferem aquele odor temperado típico de uma infinidade de perfumes masculinos, contrastando a lavanda com notas acaloradas. Não. Atribui à fragrância um núcleo herbal, estimulante e que nos remete ao amanhecer.
O perfume conta ainda com discretas notas de jasmim e flor de laranjeira e sua base é de madeiras, âmbar e almíscar, o que, para mim, soam muito discretas, uma vez que a alma desta obra está nas notas cítricas aromáticas de saída que penetram o coração da fragrância e persistem até a sua última pulsação, embora nos últimos instantes perceba-se um odor cítrico acomodado em acordes menos agudos, lembrando roupa limpa ou uma deliciosa bala de limão.
O que define uma importante diferença entre este e o interrompido Eros, de O Boticário, é exatamente o teor de notas amadeiradas que, neste caso, é um pouco mais discreto.
Lançado em 2009.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...