sábado, 13 de setembro de 2014

Essencial Feminino

Tenho certa reserva com Essencial Feminino, uma vez que me senti desrespeitado desde que tiraram de linha a primeira versão, muito semelhante ao Dune, de Dior, e que eu adorava.
Com relação ao Essencial atual, não o considero tão essencial assim, entretanto, desta vez, a fragrância me agradou.
Estou até meio perplexo, uma vez que o perfume de que falarei agora já é a terceira versão para Essencial Feminino (sendo que a segunda não me agradou nem um pouco).
Bem, vamos ao que interessa: senti a fragrância atual, pela primeira vez, em uma colega de trabalho e logo perguntei: que cheiro é esse?
Uma coisa é certa: original. 
O perfume tem saída cítrica e um tanto tropical. O corpo é floral e contém, provavelmente, notas que bastante se aproximam do efeito das frutas, mesmo que oriundas das flores, além de manter aquele cheirinho verde típico de Natura.
O ponto forte dessa fragrância, ao meu ver, é a combinação cítrico-floral combinada ao fundo macio e confortável do que acredito ser musk, âmbar e/ou baunilha (talvez fava-tonka).
Cria-se uma atmosfera que, para mim, não tem nada de sensual (como é descrita a fragrância: floral/sensual). O que sinto é pura ternura e conforto.
Uma fragrância que combina com qualquer ocasião e que pode ser facilmente compartilhada.
Um bom perfume, com boa fixação e projeção interessante quando alcançadas as notas de base.
Claro que, quando penso em Essencial de Natura, até pela própria imagem que se buscou criar de uma das linhas mais caras na marca, não imagino uma fragrância como essa. Mais uma vez afirmo que a primeira versão me era bem mais interessante. Entendo, porém, que para o nosso clima, uma colônia combina bem mais que um perfume tão intenso como o primeiro.
Mesmo sendo eau de parfum, este Essencial tem tudo para figurar entre as versões tupiniquins de boas eau's de toilette, porém com uma fixação considerável.


5 comentários :

  1. Tb gostei muito mas tem que pegar leve com ele por que ele não sai fácil, fixa o dia tooodooo e pode ficar enjoativo para os mais sensíveis!

    ResponderExcluir
  2. Olá Cris, essa primeira edição do Essencial que te deixou saudades tem uma certa similaridade com a edição do glamour nuit do boticário lançado ano passado? Vi no blog da Dâmaris que você tem ele, eu também possuo esse glamour e acho ele uma ótima fragrância, apesar de não ter nada de novo na fragrância ela cumpre o que promete. Grande abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, João!
      Glamour Nuit tem algo do antigo Crazy que, por sua vez, tem algo de Dune (rsrsrs)... também presente em Essencial (1ª versão).
      Acho Glamour Nuit bem menos parecido com o Dune devido às notas mais camurçadas, aveludadas que sinto naquele e não neste.

      Excluir
  3. Vou ter que dar uma atenção especial na amostrinha que ganhei, depois o que li aqui, rsrs. De verdade, achei ele meio sufocante, doce demais, tem algo que me incomoda.....vai entender nossos narizes, também tem aqueles dias que certos aromas não tocam nosso coração....

    Um beijo querido
    Malú

    ResponderExcluir
  4. Nossa, Cris, gosto mt do seu blog e do cuidado como descreve as fragrâncias. Te agradeço demais por me informar que o Cabotine tem o cheiro do Spirit of flowers^^ Engraçado, não gostei muito desse, adorava a segunda versão (não conheci a primeira) e comprei todos que estavam disponíveis em uma revendedora aqui de Itaboraí e Niterói (9 frascos). Vou experimentar essa nova versão novamente por conta da sua resenha!

    ResponderExcluir

Participe deste blog. Vamos trocar experiências olfativas!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...