sábado, 5 de julho de 2014

Byzance

Um perfume que marcou a memória olfativa de muitos e que, infelizmente, tornou-se raro.
Byzance é da família dos perfumes aldeídicos, com inclinação chypre, revelando seu caráter tradicionalmente francês.
A fragrância tem como tema a raríssima tuberosa, envolta em um delicioso incenso almiscarado. Remete-nos ao luxo que um bom perfume deve evocar, além de a poderosas fantasias.
A saída é verde e picante, carregada de aldeídos que fazem emergir a composição floral de tuberosas, jasmim, rosas e ylang-ylang. Aos poucos, o efeito esfumaçado do incenso invade o cenário, graças a presença do sândalo, do almíscar e do âmbar, além do efeito floral quente do heliotrópio,
como uma bruma, e torna o perfume empoado, requintado e inesquecível.
Uma obra-prima!
Post dedicado a Yvan.

7 comentários :

  1. Realmente um perfume inesquecível, misterioso e poético. Rochas não perdeu o requinte, ainda produz excelentes fragrâncias como Tocade e Rochas Absolue. Pena que não insistiram no Byzance. O Malia da Acqua di Fiori tenta recriar o Byzance, mas o resultado final deixa a desejar. A propósito Cris, o que está acontecendo com a Água de Cheiro? Seducce (o melhor perfume brasileiro na minha opinião) vai sucumbir mesmo? Muito obrigado pela dedicatória, adorei!

    ResponderExcluir
  2. Ao que me consta, já sucumbiu. E tem mais: tenho ouvido boatos de que Absinto também não tem sido encontrado.
    Será?

    ResponderExcluir
  3. Byzance é uma das minhas jóias prediletas! Um perfume que tem um incenso único, transmite perfeitamente a ideia do termo oriental. Além disso, acho que ele tem junto ao estilo over e incensado, muito de aroma de sabonete, daqueles finos que costumam vir embrulhados em papel de seda.

    Lendo o Yvan e fiquei curiosa com o tal Seducce...Ele parece com qual perfume? Não o conheço...

    O Absinto, logo que surgiu o boato de que sumiria das lojas, no ano passado, eu corri pra garantir um. Hoje em dia não sei como está mas as lojas em si parecem não ter mais tantos perfumes da própria marca. Uma pena...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei, Lily!!! O Seducce lembra muito o The One, de Dolce & Gabbana...
      http://www.odorataparfuns.blogspot.com.br/search/label/%C3%81gua%20de%20Cheiro

      Excluir
  4. Pelo menos nos resta Cúmplice da Acqua de Fiori... É... acho que a Água de Cheiro faliu. Li em algum lugar que um grupo americano comprou, mas o que vejo nas lojas agora é um monte de perfumes tipo Paris Élysées no meio de resquícios de perfumes e produtos da Água. Deprimente. Não sei o que vai ser da indústria de perfumes brasileira, já que agora podemos comprar importados, às vezes, pelo mesmo preço de um Boticário... Aliás, o Boticário deveria se esforçar mais e oferecer produtos com mais qualidade, como os que tinham antes, afinal os perfumes deles não são nada baratos, acho absurdo um Egeo Dolce por 80 reais quando posso comprar um Oscar de la Renta por 50 reais na Internet! O novo frasco dos Floratta são simplesmente assombrosos! Realmente fico com a Avon que tem umas fragrâncias bem interessantes, como Far Away Gold (delícia...) por 30 reais! É isso... Protesto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com o que diz sobre a Avon. Alguns de seus perfumes têm muita "personalidade". Curti muito o chypre "U by Ungaro Fever"...
      Beijão, querido!

      Excluir
  5. Byzance é um clássico, guardo o meu ainda com a caixa estojo original com todo carinho.

    ResponderExcluir

Participe deste blog. Vamos trocar experiências olfativas!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...