sábado, 7 de setembro de 2013

Lou Lou Blue

Da magnética Cacharel, Lou Lou Blue não seria uma versão fresh ou cool do seu precursor. Trata-se de outra fragrância, porém, ainda assim, interessante.

Talvez falte a Lou Lou Blue o doce profundo e intoxicante do primeiro, mas este ganha em contrastes entre a sensualidade e o angelical.
Um perfume de saída fresca, doce e verde, com notas de anis, atribuindo-lhe certo equilíbrio em meio ao dulçor que se prenuncia, introduzido por pêssego e flores nobres, como orquídeas, madressilvas e raiz de íris.
O calor pulsante da fragrância é garantido por notas doces e generosas de baunilha e fava-tonca e pelo odor seco e terroso do vetiver, deixando um rastro doce e aveludado. Um talco adocicado, sendo mais exato.
Lou Lou Blue tem poder de sedução. Adéqua-se perfeitamente à pele e pulsa com ela.
Quente, doce e cremoso.
Lançado em 1995, é, hoje, uma raridade.



3 comentários :

  1. Eu que agradeço as resenhas lindas, Cris! O Lou Lou blue me supreendeu desde o início. Uma baunilha bem peculiar, pode não passar essa imagem mas é também fortíssimo. Cheiro de boneca de plástico, engana quem acha que ele permanece assim. Evolui!Depois de ficar um tempo sem usar, num último contato eu percebi, surpresa, o que não havia notado em todas as outras vezes que o usei: sim! ele parece com o Lou Lou tradicional, a diferença é que o Blue é menos denso e segue por um outro caminho na sua trajetória evolutiva mas muitas das notas do clássico Lou Lou estão ali. A fixação, a projeção e a durabilidade são espantosas!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Engraçado... Esse cheiro de boneca também senti. Até comentei com quem estava ao meu lado. Muito legal!
      Obs: Ainda não percebi o Lou Lou trad.
      Continuarei tentando! rsrsrs

      Excluir

Participe deste blog. Vamos trocar experiências olfativas!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...