quarta-feira, 21 de agosto de 2013

Pipe Tobacco


O que me levou a postar sobre a fragrância em questão foi a surpresa e a inquietação. Basicamente, um perfume à base de tabaco. Não há arranjos complexos nem evolução. A fragrância cheira, realmente, a tabaco, com notas um pouco doces e lembrando alguma bebida... Talvez rom... Curiosamente, não é algo agressivo. É singular. 
Na verdade cheira a tabaco combinado com alguma especiaria, provavelmente canela, e tem curta duração na pele, visto que se trata de uma colônia. A ousadia, entretanto, que envolve a criação de uma fragrância como essa merece ser notada.
A fragrância em questão não é a única a surpreender pela ousadia. Recentemente foi lançado um perfume que imita o cheiro do papel novo, de livro novo, coisa assim...
O tabaco, na verdade, já ocorre em inúmeras criações masculinas. O que soa novo, no caso, é a presença do ingrediente como carro-chefe da obra.
A colônia pode ser usada diariamente e é facilmente compartilhável.
Lançada em 2000.

Um comentário :

  1. Comprei porque falaram que parecia muito o Tobacco Vanille. Não parece. É muito gostoso, cheira fumo doce, o que acho super agradável num perfume, sinto ele bem açucarado e com uma saída de bebida alcoólica mesmo, um whiskey, por aí. Infelizmente Demeter tem baixa fixação mas suas criações são perfeitas, conseguem reproduzir fielmente aquilo a que se propõe. Acho que enviei o Dirt também...esse é um vício, cheiro de terra, bolor. Imagino o aroma daquele sebo subterrâneo em que a Jo Stockton ( Audrey Hepburn em Funny face- Uma cinderala em Paris) trabalhava.

    ResponderExcluir

Participe deste blog. Vamos trocar experiências olfativas!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...