quinta-feira, 8 de agosto de 2013

Insomny


A fragrância chamou minha atenção devido ao efeito incensado que emerge do frescor do gengibre logo após se elevarem as primeiras notas.
Apesar de não constar na composição, lembrou-me muito algumas fragrâncias de saída spice/aromática com base de vetiver. Insomny me trouxe imediatamente três fragrâncias: Kenzo Jungle pour Homme, Azzaro Visit pour Homme e M7 Fresh, de YSL.
O que temos é uma belíssima obra de odor tônico e estimulante no início e que rapidamente evolui para ondas mais quentes, amadeiradas e picantes e muito sofisticadas. 
As notas  do gengibre, combinadas com o floral/frutal do maracujá, casam-se perfeitamente com  a densidade sensual da baunilha, da pimenta e do almíscar, o que provoca nos sentidos a percepção de algo balsâmico, especiado e defumado.
O frasco é bastante moderno, futurista e limpo.
Show de bola!

2 comentários :

  1. Michel Klein, estilista francês com criações tão delicadas e às vezes tão intensas e diferentes. Insomny já começa impressionando pelo frasco, pura arte moderna. Cada gota é uma bomba incendiária de rosas, caramelo, café e gengibre.
    Adoro suas percepções, gostei de saber que sentiu maracujá!Amo Insomny!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Coisa louca esse perfume! Penso numa rede, tarde de vento e livro novo nas mãos.
      hahahaha

      Excluir

Participe deste blog. Vamos trocar experiências olfativas!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...