sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

Amor Amor

Lançado em 2004, Amor Amor é um perfume intensamente feminino. Da família dos orientais com base ricamente composta de baunilha, musk e âmbar, torna-se bastante doce. 

A fragrância foi inspirada na rosa vermelha e, por isso, promete mais paixão do que romance, mas seus acordes frutais de cassis e damasco determinam a direção do aroma: nuances de frutas vermelhas envoltas por flores, com base cremosa de baunilha e musk. 
Amor Amor é mais um dos perfumes modernos que têm inundado as ruas com seu cheiro de groselha e amoras açucaradas, típico das adolescentes emancipadas, assim como Euphoria, de Calvin Klein (este, mais interessante, contendo notas densas de flores exóticas).
Tornou-se um Hit dos tempos atuais e, confesso, não me agrada. 
Entretanto não posso reprová-lo, já que o desagrado passa pelo meu julgamento pessoal e não por minha avaliação do que seria um perfume bem arquitetado.
O frasco é belíssimo e antecipa o que há dentro dele. De fato, trata-se de um perfume com cheiro vermelho (rsrsrs).

Dreams

Já está virando tradição: no fim do ano, corro para as lojas de O Boticário para comprar o meu.
A colônia Dreams foi descontinuada há um bom tempo (des anos mais ou menos). Na verdade, foi a última da linha "Living Flowers" e dar adeus, depois de Kalanit, Athena, Ravel, Affinity e Exubérance. Eram vendidos em frascos ovalados, conforme a imagem.
Por generosidade, eu acho (rsrsrs), a empresa mantém a edição de Dreams nos finais de ano, em estojos contendo cremes, às vezes sabonetes e bolsinhas femininas. A apresentação também mudou: agora é vendido nas famosas ânforas que consagraram O Boticário.
Dreams é uma fragrância da família floral com acordes frutais e levemente especiados. Muito se assemelha ao mundialmente conhecido Eternity, de Calvin Klein. Entretanto Dreams é mais suave e o arranjo floral parece-me mais fresco. Contém rosas, lírios, íris e violetas. A base contém madeiras e almíscar. 
De todas as flores presentes, talvez as violetas  sejam as mais notadas, compondo um arranjo floral característico dos anos 80, como Paris, de YSL, e o já citado Eternity. 
Infelizmente só Dreams ainda resiste. E só por ele e por outros pouquíssimos clássicos ainda entro nas lojas de O Boticário.
Vale a pena manter essa preciosidade.

Biografia Vol 2

A fragrância em questão merece nossa atenção. 
Com saída cítrica/floral, cria imediatamente uma sensação floral fria, lembrando flores brancas que crescem próximas às águas (algo como lírios e açucenas). 
Contém bergamota na saída e um corpo de rosas, jasmim e muguet.
Ao fundo, o sândalo, o musk e o âmbar criam um delicado conforto.
A colônia é ótima para épocas mais quentes e tem o poder de prolongar a sensação de bem-estar após o banho. Tem algo que nos remete a Eau de Moiselle, de Givenchy.
Estranhamente, não encontrei o perfume no catálogo de Natura disponível no site.
Espero, sinceramente, que não descontinuem sua produção.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...