sexta-feira, 9 de novembro de 2012

Manacá do Sul

Diferentemente do Manacá da Serra ou Manacá Mineiro, essa espécie é bastante odorosa. Símbolo de Curitiba, suas flores são azuis arroxeadas e clareiam gradativamente até que se tornem brancas. O arbusto fica belíssimo quando florido, sem contar com o odor maravilhoso que se espalha no ar. 
O perfume é doce, mas não enjoativo, como ocorre com a dama-da-noite, por exemplo. Trata-se de algo entre o jasmim e a orquídea, que entorpece pelo prazer e não pelo sufocamento.
Em tardes chuvosas, lembro-me perfeitamente do momento do estio, em que essas poderosas florezinhas exalavam seu feitiço nas redondezas da casa onde eu morava.
Hoje tenho duas mudas e uma delas, com 30cm de altura, floresceu lindamente há alguns dias. Confesso que ajoelhei-me no chão e curvei-me sobre essa dádiva a fim de capturar seu perfume.

Burberry Body Eau de Parfum

Considero Burberry uma das grifes que mais mantém em seus perfumes um traço típico da casa, capturando o tema da marca, sem que as fragrâncias sejam exatamente semelhantes ou pouco criativas. 
No caso de Burberry Body, temos um eau de parfum floral moderno, com insinuações chypre. Há contrastes entre o frescor das flores e o calor das madeiras e de notas animais, como âmbar e musk. As rosas e os tons frutais são nitidamente percebidos na saída e tornam-se profundos e contundentes por instantes, acompanhados do oriental verde do absinto, o que me lembrou, inicialmente, cravo-da-índia. 
A fragrância é bastante alcoólica no início, mas não se engane: tem boa fixação e intensidade. 
A baunilha fica no fundo, quase imperceptível.
A fragrância contém íris, madeira de caxemira e sândalo.
A publicidade do perfume fica por conta de Rosie Huntington Whitely, estrela do filme Transformers 3 e garota-propaganda da Victoria's Secret.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...