segunda-feira, 23 de abril de 2012

Agulhas de Pinho


Há muitas árvores que recebem esse nome. Existem mais de 100 espécies e todas são, popularmente, chamadas de pinheiro. Crescem, geralmente, em regiões mais frias. Quase todas têm odor bastante forte, tanto na madeira como nas folhas e nos frutos. Da resina, extrai-se um cheiro verde e bastante fresco, por isso é tão presente em fragrâncias mais leves, cítricas e aromáticas, pensadas para o verão. As famosas "agulhas de pinho" são, na verdade, as folhas da maioria dessas árvores, em especial o "pinus elliottii", presente, principalmente, na região sul do Brasil. Dessas folhas também se faz um chá, rico em vitamina A e C. 
É um importante ingrediente de fragrâncias aromáticas, principalmente masculinas, presente nas notas de saída, ao lado de frutos cítricos, como a bergamota. A madeira também figura nas notas de base, acompanhando o sândalo, por exemplo. O efeito obtido pelas notas de "agulhas de pinho" é tônico e refrescante, lembrando-nos um passeio nas montanhas frias ou geladas. 
Também participa de composições chypre, contrastando-se, geralmente, com notas mais aquecidas.
Perfumes como Polo, Quorum, Kenzo pour Home e o inesquecível Horizon, de Guy Laroche, contêm tais notas. No Brasil, o tradicional Acqua Fresca de O Boticário é um bom exemplo do efeito obtido com as agulhas de pinho.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Participe deste blog. Vamos trocar experiências olfativas!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...