domingo, 12 de fevereiro de 2012

Ô de Lancôme

De saída explosiva, cítrica, contendo limão, bergamota e mandarina, parece ser só mais uma das tantas "águas" que seguem o ritual do banho. Entretanto, Ô de Lancôme revela-se maravilhosamente sofisticado, apresentado uma rica interpretação do tema, acrescida de notas clássicas e parisienses em meio aos acordes frescos e aromáticos. O coração dessa fragrância é levemente amargo, combinando flores de jasmim, lírio do vale, madressilva, alecrim, manjericão e sementes de coentro. As notas baixas, que, no meu ver, garantem o estilo da fragrância, combinam musgo de carvalho, vetiver e almíscar. 
Uma preciosidade criada em 69 e atemporal, ainda encantando mulheres e homens que buscam versatilidade e sofisticação em uma fragrância.
Um perfume perfeito para o verão!

4 comentários :

  1. Esse também é um daqueles perfumes que nos deixa contentes desde a primeira borrifada. Alegria total!

    ResponderExcluir
  2. Definitivamente a melhor "eau" jamais criada!

    ResponderExcluir
  3. Yvan, experimente Innamorata de O Boticário após o banho. Abuse da colônia e saia ao vento... É alegria pura! Uma delícia!
    Lembra-me, vagamente, Tresór. Porém mais fresco, mais alegre, mais estimulante.
    E depois me diga: você consegue sentir um leve amargor em meio às flores brancas?
    Pena que a fixação é bem leve.

    ResponderExcluir

Participe deste blog. Vamos trocar experiências olfativas!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...