segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

Coco Mademoiselle

Uma fragrância que nos remete ao poder e a soberania de Coco Chanel, atualizando e modernizando o glamour e a sofisticação da marca. Com um odor chipre frutal, de efeito engenhoso. Lançado em 2001, está entre os perfumes mais cobiçados da atualidade. Assim como J'adore de Dior, tem sido um dos principais perfumes da marca. Mademoiselle tem cheiro de flores frescas e alavancadas por um frescor indescritível, quase canforado. Muito limpo e feminino. Um aroma jovial e sedutor. 
As notas de saída são cítricas e frutais. O corpo contém jasmim, rosas, mimosa e Ylang-Ylang. Ao fundo, a combinação que, no meu ver, dá o tom do perfume: patchuli muito bem dosado unido ao odor cremoso da baunilha e do musk branco.  O vetiver substitui o musgo de carvalho e cria o delicioso efeito chipre.
As notas de saída, de corpo e de base fundem-se numa coisa só, o que cria uma impressão floral profunda, amadeirada e almiscarada, levemente amarga, levemente agressiva. 
Uma obra-prima.
Se nº 5 é o clássico da marca e de todos os tempos, Coco Mademoiselle chegou pra encantar uma nova geração e arrebanhar uma infinidade de fãs. Vencedor do prêmio FiFi Award - Melhor campanha de publicidade em 2008.
Luxo!!!

16 comentários :

  1. O meu deve estar chegando... Cobiço há anos, mas é tão caro... Finalmente me dei de presente de Natal e Ano Novo. Rosas brancas e patchouli como você bem descreveu. Eu diria até que é unissex, um amigo meu usa e cai muito bem nele, também por isso resolvi experimentar esse fascínio total, desde a cor do líquido ao lindo frasco clássico da marca. E é claro: tem que ser eau de parfum!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza, totalmente compartilhável,unissex.E aí? Gostou mesmo do seu?

      Excluir
    2. Adoro esse perfume e guardo para ocasiões especiais ou para quando estou muito triste, pois ele me reanima! Tem fragrâncias assim, que fazem você se sentir bem, alegre ou jovem de novo. Também sinto isso com Jazz de Yves Saint Laurent, quando uso volto a ter 20 anos de idade rsrsrs...

      Excluir
  2. O perfume fala por si. Mas se há personalidade, se há estilo, o perfume só potencializa nossa voz...
    Grande abraço, Yvan!

    ResponderExcluir
  3. Grande comentário! Concordo plenamente!
    Agora venha cá, me diga (rsrs), quando você vai escrever sobre Mitsouko? Estou ansioso!

    ResponderExcluir
  4. Será o próximo (rsrsrs)!!! Abração, Yvan!

    ResponderExcluir
  5. Já vi que curte o efeito chipre frutado como eu...

    ResponderExcluir
  6. Geralmente quando você exclama: que perfume! Ele é chipre...
    Yvresse (YSL) também é uma obra prima e, na minha opinião, é uma versão moderna de Mitsouko, o rei dos perfumes.

    ResponderExcluir
  7. Descobri uma jóia: Zara Rose.
    Segue a linha de Coco Mademoiselle, mas sem o patchouli. Incrivelmente bem balanceado, parece um clássico como Paris YSL ou até um dos mais modernos como Pleasures ou True Love. Na verdade é uma mistura de tudo isso...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seria um buquet róseo? Algo como Eternity? Aquelas explosões florais dos anos 80?

      Excluir
  8. Até que não... É realmente "róseo" rsrs... Mas muito discreto, diria um "J'adore" sem a parte frutal...

    ResponderExcluir
  9. rsrsrs.... Fiquei curioso... E Escape, Yvan? O feminino? O que acha dele? Tenho usado e me maravilhado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essas palavras (como "róseo") ajudam-nos a traduzir com maior precisão algumas percepções, né?

      Excluir
  10. Aquelas notas frias, molhadas, de maçã verde com melão... Já o conhecia, mas não sabia que o efeito seria tão devastador (rtsrsrs)!

    ResponderExcluir
  11. O mundo não será mais o mesmo depois de você & Escape...

    ResponderExcluir

Participe deste blog. Vamos trocar experiências olfativas!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...