sexta-feira, 25 de março de 2011

Grandes Perfumes, Grandes Embalagens!

Já ouvimos dizer que comemos também pelos olhos. Um prato bem elaborado, com um visual atraente desperta, sim, o nosso apetite ou, pelo menos, a nossa curiosidade. Acontece também com os livros e suas capas e até conosco, nas relações afetivas. O primeiro sentido é o olhar, que entra em estado de total atenção e mapeia o "objeto" para nos trazer informações rudimentares,talvez, mas decisivas quando o assunto é dar o primeiro passo (ou o primeiro beijo). Pois bem. No mundo dos perfumes não é diferente. A embalagem acolhe o líquido precioso e o mantém em segredo até que você possa desfrutar dele. Mais que uma bela embalagem, entretanto, o frasco de um perfume pode dizer muito sobre a fragrância que contém: a inspiração, a ideia que ele evoca, sua história e até os conceitos da marca que carrega. São frascos criados sob encomenda por grandes designers, para as grifes que desejam seu produto bem vestido e, o mais importante, integralmente fiéis aos conceitos que o idealizaram. O frasco é parte do perfume. Faz parte da obra de arte e deve ser valorizado por isso. O assunto é tão interessante que foi criado um espaço em São Paulo (Espaço do Perfume, Arte + História), uma iniciativa do grupo O Boticário em parceria com a faculdade Santa Marcelina. Lá você tem a oportunidade de compreender o papel do perfume na sociedade através dos tempos e a arte que envolve a criação de fragrâncias, incluindo a concepção e fabricação dos frascos.
Entre os perfumes que comentamos aqui no blog, podemos destacar alguns exemplos de embalagens consideradas coerentes com o produto e marcantes na história da perfumaria: Chanel nº 5, que reproduz em seu frasco de linhas sóbrias os conceitos que deveriam pautar a mulher da época. Organza, que reproduz em sua embalagem a feminilidade e a nobreza da alta-costura.
Calandre: seu frasco é inspirado nas linhas aquitetônicas e revolucionárias da cidade de Nova Iorque. Hypnotic, que traz um frasco vermelho em forma de um fruto (proibido, claro), estimulando os sentidos e alertando sobre o perigo da tentação. Bem... Não consegueria descrever muita coisa aqui de uma só vez, mas o recado está dado: cuide para que a obra-prima que a perfuma seja compreendida em sua integridade.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...