quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Manjericão

Utilizado como condimento, tem lugar garantido nas mesas italianas. Combina perfeitamente com molhos vermelhos e também é utilizado para fins medicinais. Apresenta-se em mais de 60 variedades, com diferentes formatos de folhas, cor e concentração do aroma. O manjericão, na perfumaria, é conhecido pela denominação basil, forma como é tratado em outras línguas, como no inglês, provavalmente uma derivação de seu nome científico (ocimum basilicum). Assim como o alecrim, participa de composições masculinas (geralmente presente nas notas de saída), acompanhando a lavanda e/ou as nuances cítricas, e tem forte potencial aromático. Grandes criações como Armani pour Home, Eau Sauvage by Dior e Azzaro pour Home são exemplos contendo esse ingrediente picante e adocicado.

Dimitri

Mais uma criação brasileira consagrada. Dimitri (O Boticário) está entre os perfumes mais sofisticados e originais da marca. Dimitri é um fougère fresco que se abre em notas de damasco e mandarine, fundidas à expressão fresca da lavanda e do gerânio. aos poucos revela suas madeiras: sândalo, cedro e musgo de carvalho. A grande sacada de Dimitri é que suas notas de coração, ou seja, os odores florais frescos não cedem lugar às notas amadeiradas, mas dividem espaço com elas, o que cria um efeito viril, delicado e inovador. Uma fragrância sutilmente arrojada que faz bonito em qualquer estação, rompendo as tardes e adentrando as noites. Para completar com perfeição o estilo passeio. Bastante semelhante a Ozoni (Lacqua di Fiori), Dimitri consegue se destacar pela harmonia de sua composição.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...