segunda-feira, 9 de maio de 2011

Anais Anais

Um marco dos anos 80. Um perfume romântico por excelência. Um cheiro de flores brancas ainda no pé. Flores frescas, com gostas de orvalho. É isso. Anais Anais é ideal para as mulheres naturalmente românticas, apaixonadas. Não é uma fragrância fatale, invasiva. Ao contrário: Anais Anais envolve a mulher com um perfume delicado e muito natural e deixa marcada a delicadeza, a doçura e o frescor. As notas de saída são de neroli e jacinto. O corpo traz lírios brancos e jasmim. O âmbar e o sândalo garantem a fixação e o leve calor. Uma fragrância para mulheres que vivem sua feminilidade sem apelos. Plena e livre... E amante. Um perfume perfeito para noivas. Anais Anais é o nome que se dá à deusa da pureza para os romanos.

5 comentários :

  1. De fato um clássico! Como esse perfume fazia sucesso nos anos 80 (86,97,88, por aí), todo mundo queria tê-lo.
    Hoje em dia...está aí um perfume que me desagrada intensamente. Perfumes florais para serem suportáveis devem ser muito especiais. Em Anaïs anaïs eu sinto flores, flores, flores de um jeito que me enjoa demais e a saída, cheira algum desodorante agudo e barato.
    O frasco, acho lindo!!

    ResponderExcluir
  2. Oi, Sarah! Que bom ter você no blog!
    Você disse algo verdadeiro: os florais devem ser muito bem "arquitetados", mas essa intensidade dos acentos florais é própria da marca. Repare em Eden, por exemplo. Lou Lou... Nem se fala! Quanto ao "desodorante barato", acho que o processo é exatamente oposto: muitas fragrâncias de sucesso inspiraram tantas criações mais populares. Pense em Poison, Azzaro, Cool Water, Eternity, Polo (ai meu Deus... quanto Polo) e compare com a quantidade de desodorante, shampoo, sabonetes e colônias nacionais com esses cheirinhos...
    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Isso é verdade Cris,o que há de desodorante inspirado em fragrâncias conhecidas de griffe. Pra mim, apesar de eu gostar do 'Obsession" feminino, ninguém me tira da cabeça que cheira desodorante Avanço...

    ResponderExcluir
  4. Anaïs Anaïs é do tipo ame ou odeie. Eu AMO!

    ResponderExcluir
  5. Eu amo Cacharel. Amo! Se eu pudesse eu teria quase todos os perfumes desta grife sinistra e peculiar.Amo e tenho Lou Lou, Lou Lou Blue, Eden,eau de Eden, Noa...Acho que os frascos têm um conceito incrível.Excetuando a feiúra notória do frasco do Eden, sou apaixonada pelos demais e coleciono os frascos de Anaïs anaïs. Tenho o tradicional, o Flower e um de uma edição especial, muito lindo, com rótulo rosa e laço cinza. Ocorre que, como descrito anteriormente, esse perfume, em sua reformulação, é odiento. Não consigo usar.No entanto, quando eu tinha uns 10, 11 anos eu tinha e amava! Aliás, nessamesma época, como já descrevi aqui, eu era louca (e sempre fui) pelo Anette do Boticário. eu sempre tinha que ter um Anette, com aquele aroma floral leve e perfeito de creme hidratante, de limpeza, de banho tomado. Anette original foi a lapidação do Anaïs anaïs.Bem, voltando ao Cacharel, encafifada com o fato de que minha memória acusava um perfume diferente do atualmente vendido e, depois de ler resenha de uma pessoa bem entendida nisso, confirmei. Anaïs anaïs passou por reformulação...Rá!! Eu sabia! Isso fez com que eu fosse atrás de uma garrafa vintage e, Cris, jamais me arrependerei. Que perfume leve, lindo, feminino, soberbo, viciante!!! Ele é tudo que eu lembrava mas muito mais, porque hoje eu amo e compreendo-o. Aos 11 anos eu só amava esse perfume, hoje ele tem aos meus olhos e olfato um status de obra-prima. Não contente, comporei mais 2 garrafas vintage...Quero ele pra sempre..

    ResponderExcluir

Participe deste blog. Vamos trocar experiências olfativas!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...