sábado, 9 de abril de 2011

Opium

Um perfume que marcou a história da perfumaria, causando impacto, rejeições e sobrevivendo ao tempo, consagrando-se para a eternidade. Ao lado de Chanel 5, Shalimar, L'Air dus Temps, Opium está entre os mais famosos perfumes do mundo. Foi criado no fim da década de 70 e marcou definitivamante a entrada dos orientais na perfumaria. Causou incômodo com sua publicidade que fazia alusão à droga de mesmo nome, mas depois caiu no gosto das mulheres mais refinadas e exigentes. Opium é um apelo sensual. Evoca os mistérios orientais. É refinado e marcante e bastante diferente, principalmente para os padrões da época. Há os que dizem ser uma inspiração de Youth Dew, de Estée Lauder, mas este não imortalizou a tendência assim como Opium. Este precioso perfume contém especiarias como louro, canela e pimenta, dando-lhe a picância bem dosada e envolvida por acordes de laranja, jasmim, rosa e ylang-ylang. Também conta com mirra e incenso, que lhe conferem um efeito esfumaçado e antigo, e com a baunilha e todo o seu doce calor. O seu frasco, imitando a cor do ouro e laca vermelha, faz referência ao Inro, caixa onde se guardavam folhas de opium. Uma fragrância sofisticada, marcante e totalmente original. A mulher de Opium seria fatal na década de 70. Hoje é uma dama com muitas histórias pra contar... E muito por viver.

2 comentários :

  1. Cris, queria te pedir para fazer uma postagem de Elle de Yves Saint Laurent...
    Não uso muito Paris Elysées, mas o Nuits Mauves deles é bem parecido com Elle...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ok, Yvan! Você manda! Dê-me só uns dias para eu "revisitar" esse perfume. Confesso que está um pouco vago em minha memória.

      Excluir

Participe deste blog. Vamos trocar experiências olfativas!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...