quinta-feira, 25 de setembro de 2014

Dolce Vita

Uma delícia de perfume oriental com base amadeirada. Criado em 94, por Maurice Roger, o mesmo criador de Fahrenheit, é uma fragrância radiante que gira em torno da baunilha. Suas notas frutais de pêssego e damasco explodem com o odor cítrico da bergamota e grapefruit, criando um efeito de exaltação e doçura. Feminino, mas não feminista: é muito acessível também aos homens. As madeiras asseguram sua personalidade, enquanto que as especiarias como cardamomo e canela criam um interessante efeito incensado do qual emerge a doçura de flores, como magnólias, e doces frutos. Dolce Vita se insinua distraidamente místico, com sua profusão floral/frutal em meio ao arranjo de especiarias e marca sua presença de maneira alegre e despretensiosa.
Chamou-me a atenção o efeito das notas de coração: após algum tempo, sente-se um mix de madeiras e especiarias com um núcleo tão fresco e otimista, parecendo menta em alguns momentos, que chega a nos fazer sorrir.
Minha única frustração com essa maravilha é a longevidade: não passa de cinco horas em minha pele, o que até se espera de um eau de toilette.
Outro dado importante: que frasco belíssimo, gente! Com dourado e conteúdo amarelo, remete-nos à alegria, ao sol, ao despertar, além do formato em arte damascena, típico da marca.
Tudo lindo!
Texto revisto e reeditado.

8 comentários :

  1. Dior é Dior, não tem jeito...Perfumes de classe, estilo, personalidade. Ainda que não gostemos de algum(s) é impossível não admitir a qualidade,a superioridade.
    Eu particularmente amo Dolce Vita, está na lista dos meus 10 mais. Um perfume extremamente intenso, a mistura de especiarias, cravo, canela, gengibre, pimenta no meio de algo doce que chega a ser contundente. Amo isso, é como sempre falo do Gió, o meu predileto sempre, é o estilo de perfume que chega antes da gente e sai depois. Uma coisa!

    ResponderExcluir
  2. As bolinhas do frasco remetem às pérolas de um colar...

    ResponderExcluir
  3. Não acredito que sempre esqueço de ver essa joia e agora vendo-a aqui, desejo ardentemente em conhecê-la, rsrs. Luxo....Dior.....

    Beijo querido sucesso sempre.
    Malú

    ResponderExcluir
  4. Agora tenho o Kenzo Jungle e acho que ele se parece em algo com o Dolce Vita. Você acha Cris?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Claro que sim, meu amigo! Você tem razão. Talvez aquela madeira, o incenso que brota do mix frutal... O efeito dele na pele tem muito a ver também...
      Eu falo do Kenzo Jungle da escovinha na tampa, certo, meu querido Yvan!

      Excluir
    2. ... O masculino...
      Agora, se vc estiver se referindo ao "elephant", diria que ainda não percebi.

      Excluir
  5. Era o "éléphant" mesmo, parece demais com o Dolce Vita, acho que é a canela.

    ResponderExcluir

Participe deste blog. Vamos trocar experiências olfativas!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...