sábado, 9 de abril de 2011

Alfazema e Lavanda

Na verdade, a alfazema (Lavandula latifolia) é um dos vários tipos de lavanda existentes. Possui um odor canforado e isso a diferencia das demais espécies do gênero. A lavanda é uma planta pequena, com flores espigadas, geralmente de cor roxa ou violeta, que floresce em várias partes do mundo. A região de Grasse, na França, é uma das maiores produtoras dessa matéria-prima tão comum em composições aromáticas. Seu óleo essencial tem grande poder sedativo e calmante e, por isso, é muito usado em aromaterapia. A lavanda oficial (Lavandula Angustifolia) é também conhecida como lavanda inglesa e fornece o óleo essencial mais utilizado na perfumaria. Também conhecida como Nardo, a lavanda é um dos principais elementos constituintes de um perfume, seja ele feminino ou masculino. Atua nas notas de saída e tem um odor que marca principalmente os perfumes masculinos na composição de fragrâncias da família fougère. Diz-se que, antigamente, os homens, ainda avessos ao uso do perfume, por se tratar de um cuidado tipicamente feminino, usavam lenços embebidos com lavanda, pois seu aroma não tem forte apelo floral, além de ser fresco e levemente selvagem. Há uma planta comum em nosso país, conhecida como alfazema-do-brasil. Cresce em forma de arbustos, desgalhados, com flores brancas. Esse tipo de "alfazema" é mais utilizado na área medicinal.

2 comentários :

  1. Vc já tinha falado sobre a Lavanda e eu pedi de novo... desculpe-me não tinha visto ainda!!!
    Amo Lavanda!!!

    ResponderExcluir
  2. São abordagens diferentes! Fique fria!
    Beijos!

    ResponderExcluir

Participe deste blog. Vamos trocar experiências olfativas!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...