quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

J'adore

A grife de perfumes Dior, ao lado de Chanel, é uma das mais valorizadas, tradicionais e glamourosas do mundo. Com exemplares maravilhosos, suas composições têm características únicas e são consideradas criações genuinamente francesas, ou seja, uma marca em que se pensa quando o negócio é um famoso perfume francês. Pois bem: hoje apresento, aqui, o sucesso de público e de vendas: J'adore. Trata-se de um buquê floral com notas frutadas e fundo de sândalo, baunilha e almíscar. Um perfume de extremo bom gosto. J'adore realça a feminilidade como poucos e também põe em evidência a sensualidade. Assim como Coco Mademoiselle, de Chanel, essa fragrância exala glamour, mas não se limita à noite. Combina com qualquer horário do dia, graças ao frescor que exala. Está entre os mais vendidos e badalados. Seu frasco é em formato de ânfora e a tampa lembra um pescoço alongado por jóias, seguindo a ideia dos colares Maassai (primeiro desfile de John Galliano). Outro espetáculo é a garota -imagem de J'adore: nada menos que a atriz Charlize Theron. Linda, loira e perfeita.
E você? Conhece J'adore? Comente!

8 comentários :

  1. As fãs queiram me desculpar, mas não me entusiasma muito o "J'adore". O "Coco Mademoiselle" esse sim é um "capolavoro", com sua inesperada combinação de rosas frescas e patchouly. Hoje o "J'adore" é considerado um grand parfum. Mas não se compara a gemas como "Trésor", "Amarige" ou o estonteante e inimitável "Lou Lou" de Cacharel.

    ResponderExcluir
  2. Sou fã de Lou Lou. Na verdade gosto de perfumes inquietantes. Trésor é clássico e considerado uma obra-prima. Amarige ainda precisa me convencer (rsrsrs): prefiro seu irmãozinho - Ysatis (um luxo). Valeu pelo comentário e pela colaboração. Outra coisa: conhece Aromatics Elixir by Clinique? Esse sim: é imbatível (uma gema, como vc disse). Valeu!

    ResponderExcluir
  3. Já senti o Aromatics Elixir, mas nunca tive. Ouvi dizer que o Antilope de Weil é parecido. Nessa linha (aldeídica?) prefiro o Rive Gauche pour femme, lembro de uma amiga francesa da minha mãe, que nos visitava nos anos 70, quando o Calandre era a coqueluxe no Brasil, assim como o Femme de Rochas. Bons tempos aqueles...

    ResponderExcluir
  4. Engraçado! Todos os perfumes contendo aldeídos me agradam, talvez por evocarem épocas "douradas" e lugares mágicos (Paris, Paris)... No caso de Armatics Elixir não são os aldeídos e sim o efeito chipre que dá o tom e a caracterísitica clássica à composição. Mas confesso que o enquadraria entre florais aldeídicos. Calandre é tudo de bom: um perfume de gênero confuso, metalizado e cosmopolita. Você tem bom gosto!

    ResponderExcluir
  5. Obrigado! Falando em chipre, o que você acha do Rumba de Balenciaga (agora é Ted Lapidus). Até hoje não sei se gosto ou desgosto dele. É um perfume que não sai do corpo antes de três banhos... Parabéns pela atenção que você dá ao seu blog e a seus seguidores!

    ResponderExcluir
  6. O que acho interessante em Rumba é que não segue a evolução natural de um perfume. As notas de base: baunilha, couro e bem ambaradas marcam as primeiras impressões do perfume, mesclando-se com frutas e especiarias. Acho que o mel, assim como em Exubèrance, dá o tom. A empresa o classifica como oriental amadeirado, assim como Hypnotic, Alien e Absolu de Rochas. essa família olfativa geralmente se encerra bem quente na pele devido à presença de resinas muito densas, especiarias e de odores animais e couro.
    Eu não sou o maior fã desse grupo, por achá-los um tanto sufocantes, mas Hypnotic é uma exceção: um veneno mesmo que me apavora (rsrsrs).
    Abraços e obrigado pela participação, mais uma vez!

    ResponderExcluir
  7. Aliás, como faço para trocar o meu frasco de Rumba (Balenciaga ainda), de 100ml, quase cheio, por outro perfume (de 100ml quase cheio também...)?
    Vamos lançar aqui a seção "exchanges"!

    ResponderExcluir
  8. Adorei a ideia, Yvan! Vamos criar sim! Farei ainda nesta semana próxima. Estou em viagem e em fase meio turbulenta. Assim que retornar para minha Bahia, primeira coisa que farei (em sua homenagem)! Abraços, querido Yvan!

    ResponderExcluir

Participe deste blog. Vamos trocar experiências olfativas!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...