sexta-feira, 13 de agosto de 2010

Kenzo Pour Homme

Um dos primeiros perfumes a incorporar acordes marinhos em sua composição, é uma obra de arte. Com aromas florais e amadeirados envoltos em acordes aquáticos, é uma fragrância masculina que também agrada a muitas mulheres. Também entram em sua composição o cravo da índia, a noz moscada, a sálvia, o limão e o tomilho. Um perfume, no mínimo, diferente e cheio de estilo. Para quem gosta de cheiros matinais, de brisa e de flores ainda no pé. Pode ser usado em qualquer ocasião.
O tema de Kenzo pour Homme, muitas vezes, é definido como "cheiro de melancia", isso porque exala frescor combinado com arranjos florais. Mas a grande "sacada" do perfume são as notas amadeiradas que envolvem o acorde levemente doce e aquático. 

Lavanda

Um dos principais ingredientes da perfumaria, funcionando como um coringa, a lavanda é uma flor cultivada em campos imensos no sul da Europa, na Arábia, na Índia. Também conhecida como alfazema, participa da composição de inúmeros perfumes, principalmente masculinos. A junção da lavanda com ingredientes como madeiras e musgo de carvalho dão origem à família olfativa "fougère". Perfumes como Azzaro, Drakkar, Eternity For Men são exemplos que contêm a lavanda em porções generosas. Há também as fragrâncias que mantêm a lavanda como elemento principal de sua composição. Geralmente, as grandes casas de perfumes conservam alguma criação com base nesse princípio, agradando àqueles que pensam no perfume como uma água pós banho, fresca e jovial. A brasileira "O Boticário" tem como um dos mais vendidos o clásssico Thaty, uma lavanda almiscarada que agrada a homens, mulheres e crianças.
A lavanda está presente nas notas de saída de uma fragrância, conduzindo os demais ingredientes pelo processo de desdobramento na pele.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...