sexta-feira, 6 de agosto de 2010

Pirâmide Olfativa

É comum nos impressionarmos com um perfume no momento da aplicação e nos frustrarmos um tempo depois, certo? Também pode ocorrer o contrário: na hora da prova, você não dá a mínima para um perfume. Depois você percebe que tem na pele o melhor dos perfumes... Isso é fácil de explicar. Você já ouviu falar em pirâmide olfativa? Veja esta imagem:

Pois é: um perfume tem três movimentos, ou melhor, três diferentes fases de evolução na sua pele. O primeiro momento conta com as notas mais frescas, como as de folhas e frutos cítricos (também outros frutos) ou a lavanda. São as notas de cabeça, que sentimos logo que abrimos o frasco. Aquele cheiro que invade o ambiente logo que aplicamos. O segundo momento são das flores, principalmente, que sentimos uma hora depois da aplicação, aproximadamente. São as notas de coração. Isso quer dizer que essa fase de evolução é a alma do perfume. Seu tema. Dura algumas horas. Por fim, sentem-se as madeiras, as raízes, especiarias e as resinas. São as notas de fundo, que persistem mais tempo na pele. Portanto vai uma dica:
Não escolha um perfume logo no momento da aplicação. Ele evoluirá na sua pele e trará suspresas. Vamos a um exemplo:

Cabeça: laranja, tangerina e cassis
Coração: jasmim, rosa e damasco
Fundo: cedro, sândalo, âmbar, musk e baunilha
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...