quarta-feira, 6 de outubro de 2010

TORMENT

Há que se valorizar os produtos da nossa terra. Original de Belo Horizonte, a L'acqua di Fiori tem seu lugar entre as maiores e melhores marcas de perfumaria nacional. Com criações respeitáveis, como Hit, um clássico da perfumaria nacional e um dos poucos a incorporar aldeídos em sua fórmula, a empresa também conta com fragrâncias masculinas muito bem elaboradas. Torment é um bom exemplo. Da família dos Fougére Aromáticos (classificado como fougere green pela empresa), Torment é, precisamente, um perfume indicado para o clima tropical do Brasil. Uma fragrância com saídas muito frescas oriundas do pinho e base de madeira e especiaria (cedro e cardamomo) que é responsável pelo tom insinuante da fragrância. Torment produz uma sensasão mentolada raríssima de se obter. Parabéns à L'acqua di Fiori!

17 comentários :

  1. O Malía da Acqua di Fiori parece mesmo com o extinto (e incrível chypre!) Byzance de Rochas?
    Adorava aquele frasco do Império Bizantino...

    ResponderExcluir
  2. Oi, Yvan! Estávamos com saudades!
    Sim, Yvan! Acho "parecido". Se gostava do frasco, tenho aqui em casa e posso mandar pra você. Aliás, a L'ácqua di Fiori é a empresa brasileira que mais tem perfumes semelhantes aos importados, com um frescor a mais para adequar ao nosso clima, julgo. Há inspiração de Eternity, Lou Lou, Poison, Angel...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cris,
      Você ainda pode me mandar o frasco de Byzance?

      Excluir
  3. Obrigado pela consideração. Vou aceitar o frasco sim! Te passo o meu endereço depois.
    E agora uma música que amo, foi do filme 2046 que também é uma obra prima. Mas tem que assistir "Amor à Flor da Pele" antes... Ambos do diretor Won Kar Wai. Voilà:
    http://www.youtube.com/watch?v=EikDIkpa1nM

    ResponderExcluir
  4. torment...uma fragancia a qual jamais vou me esquecer,comprei para meu pai de presente,foi amor a primeira exalada,a tantos anos foi isso...mas foi tão marcante que está vivo até hj.
    parabens a l'acqua di fiori,por me proporcionar tamanho prazer inigualavel.bjs

    ResponderExcluir
  5. O único que gosto na l'acqua de fiori é o HIT, é refrescante e fixa bem na minha pele.

    Paty

    ResponderExcluir
  6. Delícia! Hit tem cheiro de perfume clássico, ambarado, aldeído, floral intenso e talcado. Perfeito.

    ResponderExcluir
  7. Nossa!!!! Hit é tudo isso? Uso-o pela manhã qdo saio pra tabalhar, sempre o considerei um perfume fresco para o dia e só....
    Muito legal essa troca de experiências olfativas, não? Cada um sente de uma forma diferente...
    Paty

    ResponderExcluir
  8. Hit é tudo isso sim. Talvez um dos únicos nacionais a conter doses generosas de aldeídos, um dos responsáveis pelo fenômeno Chanel 5.

    ResponderExcluir
  9. Cris, muito bom! O Torment se parece com algum internacional? E o Urban Code e o Urban Code Neo, se parecem com algum? Forte abraço!!!

    ResponderExcluir
  10. Oi! Eu adoro o seu blog. Acho de um bom gosto e de uma simplicidade cortante e incrível.Eu adoro esse Hit. Faz muito tempo que eu uso. É um perfume que não tem explicação. Uso de manhã, a tarde, a noite, para trabalhar, para namorar, para viver. Inúmeras foram as vezes que fui parada dentro de ônibus,na rua. Já dei o nome para tanta gente, que queria um desconto. Eu até tento trocar, mas eu tenho um caso de amor com ele, tem jeito não!
    Um grande abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Luxo é poder ler elogios como esse! Fique à vontade! A casa é sua!
      Abraços!

      Excluir
  11. Estou muito, muito triste... Não acho o perfume da minha vida em lugar algum. É o HIT da Laqua di fiori. Não sei o que está acontecendo. Uso outros, mas esse sempre foi o meu querido.Minha irmã tem um pouquinho, mas ela mora tão longe...
    Uma pena. Existe algum parecido gente?

    ResponderExcluir
  12. Saberia dizer o motivo da L'Aqua di Fiori ter parado de fabricar o maravilhoso Torment? Já perguntei no site deles, mas não respondem. Tem o Vezzo que também é ótimo, mas o Torment é simplesmente inesquecível.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As respostas são sempre as mesmas, Cristina: pesquisa de mercado, tendência, renovação do "acervo".
      Bem, pelo menos não são tantos como acontece em O Boticário, que já se descaracterizou há muito tempo.
      Abraço.

      Excluir
  13. Esse tormente seria similar a qual outro perfume?

    ResponderExcluir

Participe deste blog. Vamos trocar experiências olfativas!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...