sexta-feira, 18 de junho de 2010

Perfumes Nacionais?

Sim. E maravilhosos. Há, é verdade, muitos exemplos de colônias que muita gente consome como se fossem perfumes. Não. A colônia é campeã de vendas por aqui por ser mais leve, mais fresca, combinando com nosso clima, mas não tem a concentração de essência necessária para se considerar um perfume. São composições mais voláteis. Entretanto há alguns exemplos de colônias nacionais com fixação altíssima e de boa qualidade.
A empresa O Boticário, por exemplo, traz Crazy Fellings.Muito semelhante ao Dune by Dior, é uma opção mais barata e mais (é claro) brasileira. Outra opção, da mesma empresa, é o masculino Connexion. Totalmente original e de um fundo amadeirado persistente, apesar de discreto. Vale conferir. E se você gosta de Dolce e Gabanna masculino, não pode perder Uomini: Um luxo. Já a L'aqua di Fiori é um espetáculo à parte. Em termos de fixação, considero a melhor! Seu clássico Hit, por exemplo, é perfeito. Além disso, temos o masculino Vezzo, o feminino Laccio que, além de durarem muito na pele, não perdem muito para as fragrâncias internacionais. No caso da Natura, é indiscutível o poder de sedução exercido por Essencial. Este já conquistou um número imenso de fãs.

24 comentários :

  1. É verdade que o Hit se parece com o famoso "l'heure bleue" de Guerlain? Seguindo essa linha, o que acha do Vanderbilt, aquele com o cisne no frasco?

    ResponderExcluir
  2. Sim. Na verdade o que ocorre é que ambos têm o apelo romântico e antigo, marcado pela presença dos florais super femininos, como violeta, rosa, tuberosa... Entretanto sinto um efeito em Hit que não percebo no primeiro: os aldeídos em excesso (não que isso seja ruim) ou, talvez, o efeito bastante ambarado (uso hit como exemplo ao explicar o efeito "âmbar"). Em Guerlain, a base é mais resinosa. Quanto ao Vanderbilt, infelizmente, ainda não tive o prazer de conhecê-lo. Vou buscar essa informação pra você, tá? Valeu!

    ResponderExcluir
  3. Oi Cris,
    Se você entrar no site d O Boticário vai ver que o Crazy Feelings não consta mais na lista dos femininos da loja virtual, vão suspender também...
    O Vanderbilt (Sophie Grojsman, que artista!) é muito, muito parecido com o Oscar de la Renta pour femme, só que um pouco menos refinado. Mas vale a pena para quem gosta de fragrâncias clássicas. O Oscar Pour Lui é um chypre denso, misterioso, para homens que sabem apreciar a complexidade de um aroma e conhecem as coisas boas da vida: uma viagem pela Costa Amalfitana, champagne, figos frescos de Byblos, Oscar Wilde, Maurice Ravel e claro, um bom perfume...

    ResponderExcluir
  4. Apesar da minha tristeza ao saber disso, não sinto nada parecido com surpresa ou decepção, afinal, já deixei de esperar alguma coisa relacionada ao cuidado com o cliente quando o assunto é O Boticário.
    por Cris

    ResponderExcluir
  5. Vou, pelo menos, tentar garantir o meu último frasco.

    ResponderExcluir
  6. Oscar de la Renta... Um espetáculo!
    por Cris

    ResponderExcluir
  7. Aquela história das coisas boas da vida foi brincadeira... Só quis dizer que o Oscar pour Lui é um perfume muito refinado.

    ResponderExcluir
  8. Eu sou o próprio desconsolo com a saída do Crazy Fellings de linha. Fui comprar meu frasco hoje e descobri. Realmente, a Boticário tem se tornado cada dia mais decepcionante. Não se retira assim algo que faz parte da personalidade de uma pessoa (a minha, no caso)! Estou desolada...
    [Karina]

    ResponderExcluir
  9. Em breve enviarei à empresa todas essas reclamações. Quem sabe assim...
    Por enquanto, tente Dune (Dior)!
    Abraços e obrigado!

    ResponderExcluir
  10. Eu também fiquei muito triste com a saída do crazy, uso a pelo menos 10 anos e não consigo usar outro, agora não sei o que fazer pois era a minha marca , meu cheiro . Isso é complicado

    ResponderExcluir
  11. Ange ou Démon Eau de parfum- Givenchy (frasco escuro e com uma loira de máscara na caixa).
    Perfume perfeito e muito sofisticado. Até hoje ainda não encontrei um que fosse de tão boa fixação e marcante.Ele é só elogios e para mulheres marcantes e com estilo.
    Obs: Tem que ser o Eau parfum. Perfeito e apaixonante!!!
    Bjus!!!!
    Andressa.

    ResponderExcluir
  12. Obrigado pela participação. Realmente o perfume citado é delicioso.

    ResponderExcluir
  13. Este blog me ajudou a recuperar o prazer no perfume. Durante 15 anos usei perfumes do Boticário e minha tristeza foi grande quando acabaram com o Spirit of Flowers. Passei para o Femme que no inicio era bom, com o tempo não sei o que aconteceu o femme foi mudando. Mandei vários emails para o Boticário e NÃO TIVE NENHUMA RESPOSTA. Hoje saí e comprei um perfume por indicação deste blog, o Cabotine. Passei em frente a loja do Boticário e me deu uma certa tristeza pois acho mesmo que eles não se importam com os consumidores.

    ResponderExcluir
  14. Compartilho com você esse lamento. E fico feliz, ao mesmo tempo, por eu ter ajudado em alguma coisa.
    Abraços!

    ResponderExcluir
  15. Quero provar esse Vezzo..., só estou ouvindo falar bem desse perfume. Vamos ver se provo essa semana, ainda. E para o amigo acima que falou que a Boticário não responde: de fato, não respondem. A única forma de responderem é tornar a insatisfação pública, ou seja, pelo site ReclameAqui.

    Estou ensaiando para redigir uma "carta" quilométrica para reclamar do Connexion pelo ReclameAqui. Mas ainda vou escrever, com certeza.

    Abraço!

    ResponderExcluir
  16. olá, achei seu blog por acaso. Gostei muito e é bom saber que você tem consideração pelos perfumes nacionais. Eu uso o hit e não consigo largá-lo de jeito nenhum. Até tenho outros mas esse é o perfume.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado!
      Hit é, realmente, um clássico brasileiro e um dos tupiniquins com melhor fixação!
      Também adoro!

      Excluir
  17. Oi, Cris! Amigo, vc conhece algum perfume que seja parecido com o excelente Oscar de lá Renta pour Lui, mas que seja nacional? Obrigado desde já!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Talvez o mais perto disso que temos são os clássicos de natura, dos anos 90.
      Há referências importadas.

      Excluir
    2. Outra
      Há coisa: há quem diga que esse perfume deixou de ser o mesmo há tempos.

      Excluir
  18. Cris, descobri que o Oscar de La Renta Pour Lui é idêntico ao Van Cleef & Arpels Pour Homme. O Pour Lui eu conheço por que já usei, mas o Van Cleef & Arpels Pour Homme conheci por esses dias em uma perfumaria física e realmente são idênticos! São perfumes dignos de serem usado pelo famosoConde Drácula! São bem refinamos ao estilo gótico de ser! Adoro essa proposta deles! Aliás, acabei de comprar um Pour Lui pelo site do Kabum, o Perfu.me por R$ 149,00.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahaha...
      Adorei o Conde Drácula!
      Eu entendo o que você chama de "proposta". Aquela "pegada" que, mesmo em perfumes distintos, encontramos referências.
      Chamamos de "tema" na perfumaria.
      Gosto, por exemplo, dos aldeídos metalizados, que me trazem ares cosmopolitas, paradoxalmente, antigos, anos 80: Calandre, Rive Gauche Fem.

      Excluir
  19. Cris, uma dica bem legal para seus seguidores: o excelente perfume Lhotse Irresistível da O Boticário, que infelizmente foi descontinuado, era uma cópia idêntica do perfume Rochas Men de Rochas! Tenho o Rochas Men e ainda tenho um frasco do Lhotse Irresistível com metade do perfume ainda! Não dá pra dizer qual é qual! Realmente são as mesmas fragrâncias!

    ResponderExcluir

Participe deste blog. Vamos trocar experiências olfativas!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...