sexta-feira, 21 de maio de 2010

A família Fougère


Antigamente era inconcebível para um homem usar perfumes. Para que ficassem com um bom odor, era comum usarem um lenço embebido em lavanda no bolso. Mais tarde, passou-se a incorporar outros elementos à base de lavanda, como cítricos. Fougère quer dizer Samambaia, ou seja, uma planta que não tem cheiro. Mera alusão à ideia de vida selvagem ou aventureira. As notas Fougère são baseadas em um acorde ou combinação de ingredientes. Esse tipo de fragrância é fresca, combinando notas cítricas, verdes, herbais, gerânio e lavanda. A família Fougére evoluiu nos últimos anos com novos acordes frescos utilizando notas florais, frutais e verdes. A percepção geral é limpa, vibrante, natural e fresca. Estes novos acordes são também incomuns devido a permanência do seu frescor durante todo o uso da fragrância. É a mais expressiva dentro das famílias masculinas, e com o maior número de lançamentos. Um dos perfumes mais famosos pertencentes a essa família é o poderoso AZZARO. Classificado como fougère aromático, é um perfume de personalidade. As notas de saída são irrestíveis e as de fundo requintadas e persistentes.

3 comentários :

  1. Não tem familia olfativa Frutal?

    ResponderExcluir
  2. As frutas geralmente se combinam com flores (floral/frutal) ou com baunilha, âmbar e fava-tonca (oriental). Raramente um perfume é puramente frutal. Mas há aqueles em que as frutas se destacam. Geralmente, nesses casos, a classificação é "oriental frutal".

    ResponderExcluir
  3. Huummm, gostoso só de pensar, obrigada!

    ResponderExcluir

Participe deste blog. Vamos trocar experiências olfativas!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...